Sobre
Sobre a Palavrear

A Palavrear é um projeto que começou a tomar forma em janeiro de 2014, quando o casal Wilson Rocha e Helloá Fernandes adquiriram, no Setor Universitário em Goiânia, um imóvel para instalar uma livraria.

Livraria

Até a abertura da livraria, sabia-se desde o início, o caminho seria longo. Financiamentos bancários, elaboração de projetos, obtenção dos alvarás na Prefeitura de Goiânia, criação de uma pessoa jurídica. Escolha de um nome, desenvolvimento de uma identidade visual, criação de um site. Registro da marca, concepção de um modelo de negócio, compreensão dos riscos de mercado. Já em janeiro de 2015, em busca de informações que compensassem a pouca experiência no ramo dos livros, a Palavrear, ainda em gestação, filiou-se à Associação Nacional de Livrarias (ANL).

Arquitetura

Em janeiro de 2016 iniciou-se uma extensa reforma, marcada pela preocupação em preservar os traços originais do imóvel, um sobrado da década 1970, construído por um alemão radicado em Goiânia após a Segunda Guerra Mundial. A preocupação com os detalhes – desde a opção pelo cimento queimado e pelos ladrilhos hidráulicos para o piso, até o desenho das portas e janelas de ferro, passando pela criação de estruturas sólidas e espaços funcionais para o funcionamento de uma livraria, editora e café – marcaram o trabalho da arquiteta e proprietária Helloá Fernandes.

Construindo o futuro

Até aqui, não faltou energia para superar entraves burocráticos, conceber um modelo de negócio e iniciar contatos comerciais. O desejo de viver em meio aos livros e difundir boas ideias, aproximando pessoas e construindo redes de reflexão crítica e transformação do mundo são o combustível da Palavrear.

Às vésperas da nossa inauguração, estamos como Fernando Pessoa diante de sua lendária tabacaria. Miramos o charmoso sobrado da Palavrear desde o outro lado da rua 232, e nos damos conta de sua existência real por fora, mas mantemos a estranha “sensação de que tudo é sonho, como coisa real por dentro”.

Estamos pertinho de você